Catálogo INp@r…

Galeria do Museu Etnográfico Extremeño – Olivenza- Spain

DO GOSTO DE CRIAR…

Carlos Godinho tem já uma carreira longa em termos cronológicos, mais de 30 anos a pintar, a comissariar exposições ou a escrever.

O peso do tempo não lhe retira contudo a frescura da inovação ou da criação. Se o suporte é sempre o mesmo, o espaço em branco de uma tela, e a escola artística também – o surrealismo – a inspiração é diversa. A mulher, as tradições alentejanas, a fé, o vinho, a janela como elemento arquitetónico que abre outras realidades, realidades estas que muitas vezes são apresentadas em situações inusitadas, e que por isso mesmo nos abrem a curiosidade à mundividência, que é rica, do Carlos Godinho.

Foquemo-nos no tema Alentejo e da sua importância na obra do autor. Há muito que se impõe no seu trabalho o património cultural desta região, seja o monumental, seja o imaterial. Esta presença é por vezes vezes imperceptível, pois ocorre num canto da tela, ou na abertura de uma janela (sempre tão presente na pintura de Carlos Godinho). Esta quase “não presença” leva-nos, não poucas vezes, a ignorar os elementos pintados, o que é um erro, pois a sua materialização é o que dá sentido e significado ao todo que constitui a obra obra.

Outras vezes, é claramente assumida como temática central. Veja-se, a título de exemplo, o conjunto de trabalhos que estiveram patentes numa exposição que foi, para mim, uma das mais interessantes e relevantes que decorreu em Estremoz, e que teve lugar em 2009, onde Carlos Godinho pintou poemas de António Simões, do livro “Minha Mãe Amassa o Pão”. Ou ainda, pinturas onde apresenta o mote do vinho, do cante alentejano, das caianças, entre outras temáticas.

Muito presente é a figuração etnográfica. Aliás, a representação antropomórfica real, ou idealizada, é um elemento dos mais relevantes da pintura do autor. Observam-se as ceifeiras, as padeiras, os membros do coral do cante, os pastores, enfim, uma multidão de alentejanos e alentejanas que nos conduzem ao Alentejo de antanho, ou melhor, a fabulações do Alentejo que foi, ou que gostaríamos que fosse e ainda fosse.

Finalmente, resta-me fazer votos que o autor reforce esta ligação ao Alentejo, à sua imaterialidade, trabalhando no âmbito do surrealismo, este património rico, vivo e diverso. Obrigado Carlos pela tua entrega e partilha.

Hugo Guerreiro (Director do Museu Municipal de Estremoz)

Vídeos 2021

“Exposição de pintura, desenho e escultura “Comemorativa dos 20 anos do Círculo Artístico Artur Bual” – Fevereiro de 2021
Galeria Espaço + Município de Aljezur
O meu trabalho é o central na apresentação pelo presidente de Câmara de Aljezur – José Gonçalves
Um agradecimento ao presidente de Câmara, ao Pintor Francisco Nunes de Oliveira e a toda a direcção do Círculo Artur Bual

SALA SUEÑO AZUL OUTRO MUNDO É POSSÍVEL PARA SEMPRE DE PAZ 2021
CHILE –

“Outro mundo é possível para sempre em paz” É uma iniciativa que visa promover a Paz através da Arte e da Cultura e à qual o Chile faz parte desde 2018, onde inicialmente contava com 96 países e 120 coordenadores em todo o mundo.
Este ano o Chile é a sede desta nobre causa, com a participação de mais de 140 países e 250 coordenadores em todo o mundo. Na coordenação geral desta atividade neste ciclo, os coordenadores do Chile Gladys Ibáñez, Fabio Vásquez, Fabaries Vásquez e o Presidente do AWPFP Miguel Piñero da Venezuela, dão as mais agradáveis ​​boas-vindas a todos os coordenadores, participantes, crianças e o público em gerais de todos os cantos do mundo, que farão parte desta nobre iniciativa.
Expositores:
Butão: Dorji Wangchuk, Alemanha: Wendy Alber, Turquia: Fatma Çaliskan, Venezuela: Graciela Mercedes Luna Sucre, Bielorrússia: Alexander Vlasyuk, Eslovênia: Tamara Burmicky, Irã: Mahdi Hedayatnezhad, Líbano: Mary Haddad, Irã: Abdolreza Rabeti, Argentina: Franz Speicher, EUA: Ymarlen Linares, Chipre do Norte: Pervin Özgeçen, Taiwan: Emily Shih, Emirados Árabes Unidos: Ansam Alawam, Brasil: Wilma Lima, Colômbia: Diego Ruano, Benin: Aze Baba, Portugal: Carl Godinho, Índia: Sayeeda Dada, Áustria: Melinda Horvath, Porto Rico: Abu Fofana, República Tcheca: Zdeňka Horká, Índia: Sharad Bhardwaj, Síria: Khaled Hajjar, Kosovo: Zara Popaj, Peru: Julca Vitorio, Paraguai: Julius Lorenz Sykora Lugo, Chile: Fabio Vásquez (AWPFP CHILE Coordenador Geral), Argentina: Julio Alberto Machicado, Irã: Mahyar Mogharrari, Tailândia: Phunsak Phucharoen, Equador: Renato Reúl Ulloa, Egito: Ahmed Fathy, Cuba: Yunier Santos de la Cruz, Gabão: Dieu Donné Lekika, Namíbia: Vilho Katsekompo Jonas, Senegal: Serigne Mor Gueye, Maurício (Maurício): Gilberte M. Natcho, Argélia: Abdelilah Boubchir, Chile: Valeria Balmaceda D., Chile. Carolina Moreno, Togo: Bouglouga Badjibassa, Turquia: Nurcan ha, Azerbaijão: Leyla Vazehi Afandiyeva, Ucrânia: Sergey Kirichenko, Argentina: Graciela de Dios, Chile: Danilo Carvallo

certificados

“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países
“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países

“Universal Confraternization” 83th International Cultural Exchange of Arts | 22th Edition Virtual Art Show 2021″ – Exposição Virtual, On-line, Noruega – com a participação de 1306 artistas de 126 países